O prazer reprimido 

   
 Comer com a boca aberta sempre pareceu-me um vandalismo contra a civilidade, um pertencer à categoria dos cavalos. Desprezava e ainda condeno tal comportamento ante a mesa, mas primeiro fui averiguar o prazer proporcionado a quem se aventura nessas rudes terras do paladar.

Assim como quem degusta vinho, ao se airar a boca, consegue-se sentir com mais intensidade o sabor do líquido que Bacco consagrou. O mesmo ocorre com a comida. Ao se mastigar, todos os sabores do alimento se abrem ao paladar. Faça o teste. Você sentirá um novo conceito de degustação aflorar entre seus lábios. Continuo com os sabores reprimidos, no entanto descobri por conta própria o porque daqueles mastigares conturbantes. 

2 respostas em “O prazer reprimido 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s